Menu fechado

Como parte do planejamento da Prefeitura de Itupeva para implantação de programas voltados à formação permanente dos servidores públicos municipais, na próxima segunda-feira (21) terá início o curso de Comunicação Escrita, por meio da Escola de Governo e Desenvolvimento do Servidor (EGDS).

Serão 24 aulas nos meses de maio e junho, com uma hora de duração e sempre após o expediente. O conteúdo do curso é baseado nos principais manuais de redação utilizados no País. “A ideia do curso foi a de contribuir não só para a produção diária dos servidores, mas também para aumentar o conhecimento de todos sobre o que pode e o que não pode ser escrito ao se redigir um ofício ou um e-mail, por exemplo. Disponibilizamos um espaço aqui na secretaria para isso. Já estamos elaborando outros projetos para enviar à Escola de Governo”, afirmou Aline Alves, secretária de Desenvolvimento Social.

“A redação oficial, que respeita todos os princípios constitucionais, não precisa ser enfadonha. Ao contrário: queremos que os alunos vejam essa redação como uma atividade prazerosa, onde morem a criatividade, a concisão, a eficácia e a eficiência”, afirma Rodrigo Cesar, responsável pelo curso e funcionário da Prefeitura.

“Hoje muitas pessoas viraram dependentes dos corretores ortográficos e gramaticais, mas mesmo essas ferramentas apresentam equívocos em suas análises e sugestões. Além disso, não resolvem todas as dúvidas”, declarou Danilo Pezenti, Ouvidor Municipal e um dos idealizadores da iniciativa.

“O curso de Comunicação Escrita visa preparar os servidores para produção de textos claros e eficazes. Em breve outras capacitações serão ofertadas a todos os servidores municipais das diversas secretarias, com o objetivo de melhorar ainda mais os serviços oferecidos aos cidadãos”, explicou Mariana Finardi, diretora da Escola de Governo e Desenvolvimento do Servidor.

Para esta primeira turma, foram oferecidas 12 vagas, todas já preenchidas por servidores que mais utilizam a comunicação escrita no dia-a-dia. As aulas acontecem na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social (PADS).