Menu fechado

Segundo o site Notícia Animal um atropelamento seguido de morte de uma cachorra na noite deste domingo (3) chocou protetores da causa animal em Itupeva, sobretudo por causa da fuga do motorista sem prestar socorro e pelo relato de testemunhas de que ele estava em alta velocidade. A cadelinha chegou a ser socorrida por uma ativista da causa. Já existe um suspeito e um boletim de ocorrência deve ser registrado.

Segundo Cristina Santos, ela estava em sua casa quando uma vizinha lhe telefonou. “Quem me ligou foi uma senhora que mora na rua onde tudo aconteceu – na Avenida Geraldo Ferraz, Bairro Monte Serrat -, e ouviu o barulho da pancada. Mas ela não viu quem atropelou”, contou ela. “Quando ela saiu na rua por conta do barulho, notou um moço gritando com o motorista de um carro que passava em alta velocidade: ‘olha o que você fez, você atropelou a cachorrinha…’”.

“Eu a socorri e isso era por volta de 20h30”, disse ela. “Levei a uma clínica e ela passou pelo atendimento e ficou internada. Ontem mesmo, por volta das 23h30, a veterinária me ligou informando sobre sua morte”. Amigos que são atuantes na causa animal estão ajudando Cristina com ao cerca de R$ 450 que ela precisou gastar para o atendimento do animal.

Cristina – que está fazendo uma investigação prévia para que possa denunciar na polícia -, disse que vai tentar encontrar a testemunha nesta segunda-feira. “De qualquer forma também já tenho informação de que outra pessoa testemunhou, e vou tentar identificá-la. Inclusive, já descobri que possivelmente o veículo que o atropelou é um Santana. Por estar escuro, existe uma dúvida quanto à cor: prata ou preta”. O Boletim de Ocorrência deve ser registrado ainda hoje.