Menu fechado
Paralisação dos caminhoneiros continua e postos 'secam' em Itupeva

No terceiro dia da paralisação dos caminhoneiros, Itupeva fica sem combustível. Os postos de abastecimento da cidade, já prevendo a falta de combustível, limitou um valor de R$ 100 por cliente. O Posto Amigão, localizado no Jardim Pacaembu, foi o primeiro a ficar sem gasolina, nas primeiras horas da tarde desta quinta-feira (24).

Na sequência, o Posto do Mané, por volta das 15h20 baixou as cancelas para os veículos à gasolina. Os únicos postos que ainda tinha gasolina no início da noite foram os da rede AS (Centro, Benzina e Salesco) e o da Vila São João.

Durante todo o dia foram notadas filas gigantescas de veículos nos postos de combustíveis.

‘Mané’ Pedro Siqueira, diretor do Auto Posto do Mané, acredita que esta semana não receberá gasolina. “Pode ser que o Governo faça alguma coisa e a greve termine, mas mesmo que termine nesta sexta-feira (amanhã) a distribuição só deve voltar ao normal na próxima semana. Até lá, ficaremos sem gasolina.

Para Armando Salles, proprietário do Auto Posto AS, disse que determinou a limitação de R$ 100 reais no abastecimento de gasolina para que todos pudessem ser atendidos. “Não temos gasolina para todos mundo, por isso a gente fez essa limitação para que mais clientes tivessem a oportunidade de abastecer”, disse.

Os supermercados também apresentam sinais da greve, com a falta de alguns produtos.